sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Tribo de Efraim

Filho de José

Censo. De acordo com a lista genealógica (Cap. 46) no censo no deserto de Sinai (Num. 1:32-33; 2:19) a tribo contava 40.500 homens e estava em décimo lugar, e no segundo censo, tinha diminuído para 32.500 e estava em ordenado décimo primeiro.

Posição. A posição dos filhos de José e Benjamim estava no lado ocidental do Tabernáculo (2:18-24).

Estandarte. De acordo com a tradição rabínica, o estandarte de Efraim era uma bandeira dourada na qual a cabeça de um bezerro foi representada.

Viajando. " Todos os que foram contados no exército de Efraim (Benjamim e Manassés) foram cento e oito mil e cem, segundo os seus esquadrões; e estes marcharão em terceiro lugar. ". (Nm 2:24).

Representantes. No Sinai, o cabeça de Efraim era Elisama, o filho de Ammiúde (1:10). O representante de Efraim entre os espias era o grande herói "Oséias, o filho de Num" cujo nome foi mudado por Moisés à forma mais distinta (Josué).

Notas interessantes. Josué era da tribo de Efraim. Nos primeiros anos, a tribo de Efraim era uma força influente em Israel, sendo altamente recomendada por Gideão (Jz 8:2), e incluindo centros religiosos e centros políticos chave como Betel e Siquém. Seguindo a revolta das dez tribos depois do governo de Solomão, Efraim se tornou cabeça no reino do norte de Israel (1 Rs 12:25-33). Freqüentemente o nome Efraim era usado para Israel por causa dos muitos membros desta tribo e seu papel de liderança. Os profetas hebreus, especialmente Oséias, condenavam a tribo pela idolatria (Os 4:17), deslealdade espiritual (8:9-10), e relações com nações pagãs (12:1). Efraim era envolvido em uma aliança com a Síria contra Judá e o Rei Acaz (2 Cr. 28:5-8; Is 7:3-9). Em 722 A. C., o reino do norte de Israel foi levado em cativeiro para a Assíria. Isto parecia ser o fim da tribo de Efraim, mas o Senhor não os esqueceria. Pelo profeta Jeremias, Ele declarou que este povo ainda eram o seu "filho querido" e Ele teria clemência deles (Jr 31:20). Depois que o povo de Deus retornou à sua pátria, após um período longo de cativeiro na Babilônia, "os filhos de Efraim" habitaram anos em Jerusalém Anos (1 Cr. 9:3).

A Divisão de Terra. Esta tribo povoou um território ladeado ao norte pelo território de Manassés (oeste do Rio Jordão) e no sul pelos territórios de Dã e Benjamim (Js. 16:5-10).

O Homem Efraim

Heb. efray-im; "frutífero". O segundo filho de José por Asenate, a filha de Potífera nascido durante os sete anos de fartura.

Gn 46:20 "E nasceram a José na terra do Egito, Manassés e Efraim, que lhe deu Azenate, filha de Potífera, sacerdote de Om."

Um incidente na história de Efraim é a bênção de seu avô, Jacó. Ao contrário da intenção de José, Efraim foi preferido antes de Manassés (o primogênito) por Jacó, e nele foi conferida a bênção de direito de primogênito:

Gn 48:17-19 "Vendo, pois, José que seu pai punha a sua mão direita sobre a cabeça de Efraim, foi mau aos seus olhos; e tomou a mão de seu pai, para a transpor de sobre a cabeça de Efraim à cabeça de Manassés. E José disse a seu pai: Não assim, meu pai, porque este é o primogênito; põe a tua mão direita sobre a sua cabeça. Mas seu pai recusou, e disse: Eu o sei, meu filho, eu o sei; também ele será um povo, e também ele será grande; contudo o seu irmão menor será maior que ele, e a sua descendência será uma multidão de nações."

0 comentarios:

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...