quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Montanha russa da vida

" Ele fez todas as coisas apropriadas no seu devido tempo" Eclesiastes 3.11

Um pregador disse: “Amigos, se eu fosse Deus o seu corpo teria sempre 18 anos, você poderia comer qualquer coisa e manter o peso ideal, a sua esposa de meia idade também, e teria a aparência sempre jovem. O seu marido de meia idade teria muito cabelo e barriga de tanquinho, os seus filhos seriam inteligentes como Einstein, seus adolescentes seriam cooperativos, lógicos e coerentes. A temperatura média seria sempre de 22 graus, não haveria enchentes nem furacões, e não haveria pessoas más. Infelizmente, eu não sou Deus! Então, envelhecemos, engordamos, temos dificuldade para criar os filhos, trememos no inverno, suamos no verão, e temos de agüentar pessoas difíceis. Bem-vindo à montanha russa da vida! Ela não é uma punição, nem a prova de que você é fatalmente imperfeito; nem é o inferno ou o céu que escolheram perseguir exatamente você, nem a evidência de que você não é salvo de verdade. Não, esta é apenas a vida no mundo real! Jesus disse: “Na terra, vocês terão muitas tribulações” (João 16:33). No universo físico, existe uma lei fundamental da moderna teoria quântica. Segundo ela, a nossa energia, emoções, e criatividade oscilam constantemente. Às vezes estamos no topo da montanha, outras, lá em baixo no vale. Mas seja no alto ou embaixo, a lei de Deus da teoria quântica funciona – em nosso benefício . “Há... tempo de chorar (em baixo) e tempo de rir (no alto); tempo de prantear (em baixo) e tempo de saltar de alegria (no alto)” (Eclesiastes 3:1-4). Embora seja mais divertido rir do que chorar, “Ele fez todas as coisas apropriadas no seu tempo.” Relaxe. Deus, que é o Alfa e o Ômega, é quem determina as estações da sua vida. Seja qual for a estação em que você se encontre, a Palavra para você hoje é: “A Minha graça é suficiente ” (2 Coríntios 12:9)

Existe uma canção que diz: “eu não lhe prometi um mar de rosas”. Nem Deus, portanto, cuidado com a teologia do “mar de rosas”. A vida cristã não é uma experiência que comprova que se você é crente, a vida não tem nenhum problema, e se é incrédulo a vida é dura. Ela é uma experiência onde haverá tempos em que você se alegrará e tempos que suportará. Os heróis da Bíblia experimentaram tanto a excitação da vitória quanto o aguilhão da derrota. Alguns, como Elias, chegaram até a desejar a morte.

Considere os paradoxos da Palavra de Deus. Jesus era um “homem de dores” (Isaías 53:3). Mas Ele também foi “ungido… com óleo de alegria mais do que os Seus companheiros” (Hebreus 1:9). Paulo disse que estava “entristecido, mas sempre feliz... pobre, mas enriquecendo a muitas pessoas... nada tendo, mas possuindo tudo” (2 Coríntios 6:10). Estes eram os seus pensamentos quando ele disse “Tudo posso naquele que me fortalece” (Filipenses 4:13). Em Provérbios 17:22 Salomão diz: “O coração alegre é bom remédio.” Em Eclesiastes 7:3 ele diz: “Melhor é a mágoa do que o riso, porque com a tristeza... se faz melhor o coração.” Em Eclesiastes 7:14 ele escreve: “No dia da prosperidade... seja feliz… na… adversidade, considera - Deus fez tanto esta como aquela.” Alegre-se! No seu mundo feito de bons e maus momentos, Deus continua no trono. Ele está controlando o misto de alegria e tristeza, paz e conflito, perda e ganho, escassez e suprimento, tragédia e triunfo, sempre tendo em mente, acima de tudo, o que for melhor pra você.

do site: Palavra para hoje

0 comentarios:

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...